25 de outubro de 2003 foi um dia marcante para o Benfica e para os adeptos 'encarnados'. Há exatamente 15 anos, as 'águias' inauguraram o Estádio da Luz, um ano antes do arranque do Euro 2004, realizado em Portugal.

Desde esse dia, a 'casa' do Benfica já serviu de palco a 435 jogos: 239 da Primeira Liga, 48 da Liga dos Campeões, 34 da Liga Europa, 33 da Taça de Portugal, 23 da Taça da Liga, 19 jogos amigáveis, 14 da seleção nacional, 5 do Euro 2004, 4 do Campeonato Nacional de Juniores e uma final da Liga dos Campeões (2013/2014).

Para Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD do Benfica, a construção do novo estádio representou um ponto de viragem na história do clube.

"Há um antes e um depois do estádio. Conhecendo as pessoas e conhecendo aquilo que era a organização do Benfica antes da construção deste estádio, e olhando para o Benfica após a construção do mesmo, eu diria que este é o momento mais marcante", disse Soares de Oliveira à BTV.

"Se o estádio não tivesse sido construído, continuaríamos a ter o Benfica sem dúvida nenhuma, mas não seria um Benfica tão moderno e tão elogiado em termos internacionais como temos hoje. Esse, digamos, é um momento de viragem. Depois temos um segundo momento, o momento de potenciação do futuro, que é a construção do Caixa Futebol Campus, na vertente de apoio aos novos atletas", acrescentou.

O administrador executivo da SAD 'encarnada' garantiu, contudo, que há ainda muita obra por fazer.

"Devemos orgulhar-nos da manutenção que tem sido feita neste espaço, ou seja, quem hoje entra neste estádio vê que ele podia ter sido construído há dois, três anos, porque está conservado de uma tal maneira que é difícil notar que já completou 15 anos. Claramente ainda vamos ter de construir mais espaços, nomeadamente à volta das modalidades, do nosso colégio… Ainda temos muito cimento pela frente", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.