Dyego Sousa analisou o empate do Benfica em Setúbal (1-1).

Desperdício e falta de eficácia

"É um resultado difícil de explicar. Fizemos tudo desde o primeiro minuto, mas a bola insiste em não entrar. Falta sorte, pois estamos a trabalhar imenso e temos criado as oportunidades, trabalhado, mas a bola não está a entrar. Agora é chegar lá dentro, repensar tudo e trabalhar mais ainda. Só com trabalho podemos mudar isto."

Equipa esteve mais forte na segunda parte?

"O rendimento vai conforme o jogo. Na primeira parte fizemos um bom jogo, é certo que não tivemos tanta agressividade, mas tivemos oportunidade de sair com um resultado favorável. Na segunda parte estávamos a precisar do resultado e voltámos com mais vontade ainda. Com o decorrer do jogo fomos sempre dando mais e mais, mas como falei a bola insiste em não entrar."

FC Porto pode fugir?

"Falar do FC Porto é indiferente para nós. Temos é de fazer o nosso trabalho e o nosso papel. O que o FC Porto fizer ou deixar de fazer, para nós não vai valer de nada. Estamos a um ponto e só temos de fazer o nosso trabalho e dar continuidade."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.