É oficial! Bruno Lage renovou contrato com o Benfica até 2024. O acordo foi formalizado com o presidente do clube, Luís Filipe Vieira, nas instalações da SAD do Clube no Estádio da Luz.

Além de ter prolongado o contrato, Bruno Lage viu o seu salário melhorado, como o mesmo já tinha dado conta em conferência de imprensa.

Bruno Lage foi promovido a treinador principal do Benfica depois da saída de Rui Vitória, consumada após a derrota com o Portimonense. O ex-treinador da equipa B pegou na equipa a 6 de janeiro de 2019 e fez uma recuperação fantástica no campeonato, onde apenas cedeu um empate em 19 jogos, tendo marcado 72 golos e sofrido apenas 16, naquela que é a melhor segunda volta de sempre na I Liga. Levou o Benfica a vencer no Dragão por 2-0, no jogo do título, confirmado depois em maio.

Na época 2018/2019, venceu 23 dos 29 feitos pela equipa principal do Benfica, equipa que levou até aos quartos-de-final da Liga Europa.

Arrancou esta época com a conquista da Supertaça de Portugal frente ao Sporting, vencendo no Algarve por 5-0.

Esta temporada, as coisas não tem corrido tão bem ao treinador. Falhou a qualificação para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões mas vai continuar na Liga Europa. Em Portugal, lidera a Primeira Liga com quatro pontos de vantagem sobre o FC Porto, ao cabo de 13 jornadas. Está nos oitavos-de-final da Taça de Portugal e ainda pode chegar à final-four da Taça da Liga, apesar de o Benfica depender de terceiros.

Nos 24 jogos oficiais esta época, o Benfica venceu 17, empatou quatro e perdeu três, marcou 58 golos e sofreu 18.

Ao todo, em 53 jogos no comando do Benfica, Bruno Lage conseguiu 40 vitórias, tendo apenas uma derrota em jogos do campeonato, cuja atual edição lidera com 36 pontos, mais quatro do que o segundo, o FC Porto.

 Bruno Lage: "Estive sempre tranquilo e era apenas uma questão de timing"

Em declarações ao canal do clube, Bruno Lage sublinhou que este era um desejo de ambas as partes.

"Estive sempre tranquilo em relação à renovação de contrato. Desde que falei com o presidente, sempre soube que iria ser uma questão fácil de resolver. Estive sempre tranquilo e era apenas uma questão de timing. De nos sentarmos todos e, como já tinha dito, só queria saber onde assinar. Só queria que me dessem os papéis para a frente e a questão ficava resolvida. Tinha contrato até 2023, agora prolonguei por mais um ano e houve um aumento salarial. Estou feliz e orgulhoso por reconhecerem o nosso profissionalismo e dedicação. Agora vamos continuar empenhados em dar o nosso melhor pelo Benfica", comentou o técnico.

Com contrato até 2024, Bruno Lage já traçou as metas para o médio, longo prazo: vencer e continuar a vencer.

"Continuar a ganhar, estar inserido em todas as provas e ter grandes conquistas. E depois, aquilo que é o nosso grande projeto, ter como base a formação. Para além do treinador e da equipa técnica temos metade do plantel oriundo da formação. No entanto, isso não quer dizer que não estejamos atentos ao mercado", atirou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.