O FC Porto recebe esta sexta-feira o SC Braga em jogo de abertura da 17.ª jornada da I Liga e que antecede o dérbi entre Sporting e Benfica, no mesmo dia.

Em caso de triunfo, a equipa de Sérgio Conceição coloca pressão nas 'águias' para o duelo em Alvalade, que arranca só às 21h15. Os 'azuis e brancos', recorde-se, estão neste momento a quatro pontos dos 'encarnados', pelo que um 'tropeção' em casa significa uma maior distância pontual para o rival.

Nos últimos cinco jogos realizados, o FC Porto somou quatro triunfos (Paços de Ferreira, Tondela, Sporting e Moreirense), tendo empatado com o Belenenses SAD no Jamor.

A favor da equipa portista está o bom momento que Tiquinho Soares. O avançado brasileiro assinou cinco golos nos últimos quatro jogos oficiais dos 'azuis e brancos', nomeadamente no clássico em Alvalade.

A partida no Dragão é igualmente importante para o SC Braga. Atualmente no quinto lugar, os minhotos querem aproximar-se do Sporting, que ocupa a quarta posição, com 29 pontos, mais cinco do que os bracarenses. Em caso de derrota, a equipa de Rúben Amorim arrisca-se a ser ultrapassada pelo Vitória de Guimarães, que tem menos dois pontos, em caso de triunfo sobre o Santa Clara no sábado.

Nos últimos cinco jogos, o SC. Braga somou três vitórias (Rio Ave, Belenenses SAD e Tondela) e duas derrotas (Aves e Paços de Ferreira). No entanto, desde que Rúben Amorim assumiu o comando dos bracarenses, a equipa só tem arrecadado triunfos para o campeonato (2), apresentando ainda um registo de nove golos marcados e dois sofridos.

A história dá favoritismo ao FC Porto, uma vez que o SC Braga não vence no Dragão há já 15 anos. A última vitória sobre os azuis e brancos aconteceu em 2016, na 25.ª jornada do campeonato, quando os bracarenses, então orientados por Abel Ferreira, venceram em casa o FC Porto por 3-1, com golos de Hassan, Rafa Silva e Alan. Maxi Pereira fez o golo de honra da equipa portista.

Têm a palavra os treinadores

Sérgio Conceição: "Perspetivo um bom jogo de futebol, e que dentro desse espetáculo o Dragão esteja cheio de adeptos para nos apoiarem. São três pontos importantes como tantos outros que temos pela frente. Não acredito que houve um Braga fantástico contra o Belenenses e um mau Braga frente ao Tondela. Não há muito tempo de trabalho do Rúben mas percebe-se bem qual é a ideia do jogo, nos diferentes momentos."

Rúben Amorim: "Temos de ser iguais a nós próprios, mão podemos mudar a nossa maneira de jogar. Temos de estar concentrados, até porque o FC Porto é muito forte em todos os momentos do jogo: ataque continuado, transições, bolas paradas ofensivas e defensivas... Mas não nos podemos desviar da nossa forma de jogar. Queremos ter iniciativa e criar perigo"

Boletim clínico e convocados

Titular nos últimos três jogos do FC Porto para o campeonato, Shoya Nakajima é baixa para o jogo desta sexta-feira. O japonês lesionou-se em Moreira de Cónegos, ao sofrer uma pancada forte, e Sérgio Conceição confirmou que continuará de "fora", já depois de não ter defrontado o Varzim, para a Taça de Portugal.

Em relação a Pepe, o treinador admite ser "difícil" incluí-lo na lista de convocados. O defesa central, recorde-se, lesionou-se em Alvalade e tem feito sobretudo trabalho de ginásio e tratamento.

No lado do SC Braga, Rúben Amorim convocou David Carmo, habitual titular da equipa B dos minhotos e campeão europeu sub-19 por Portugal em 2018. Destaque ainda para os regressos de Sequeira, que falhou o último jogo (vitória por 2-1 sobre o Tondela) devido a lesão, João Novais e Tiago Sá.

De fora, por opção do técnico, ficaram Murilo, Pablo e Xadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.