Zé Luís chegou ao FC Porto no início desta época mas ainda não é garantida a sua presença nos planos do FC Porto para 2020/2021. Escreve o jornal 'A Bola' na sua edição desta quinta-feira que o avançado cabo-verdiano de 27 anos está na linha da frente dos jogadores transferíveis pelo FC Porto no mercado de verão.

A SAD do FC Porto investiu 12,25 milhões no jogador, entre salários e compra do passe, valor esse que agora tenta recuperar. O facto de Zé Luís ganhar cerca de três milhões de euros por época (um dos mais bem pagos do plantel) também deverá pesar na decisão.

Tudo irá depender dos negócios que a SAD liderada por Pinto da Costa irá fazer na próxima janela do mercado. Moussa Marega é dos que deverá sair. O maliano tem mercado em Inglaterra e esta deverá ser a derradeira oportunidade para fazer um bom encaixe com a sua venda.

Tiquinho Soares vai entrar no último ano de contrato e corre o risco de sair a custo zero. É um jogador com mercado na China, pelo que não é de descartar a sua saída.

Num cenário onde saem Marega e Soares, os 'dragões' poderão ter de ficar com Zé Luís, pelo menos por mais uma temporada, sob pena de ficarem sem opções para a frente de ataque.

O jovem Fábio Silva, de 17 anos, é o outro dos avançados do plantel, tal como Aboubakar, jogador que está à procura da melhor forma, depois de muito tempo parado.

Zé Luís, internacional cabo-verdiano, leva 10 golos marcados em 27 jogos pelo FC Porto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.