Francisco J. Marques criticou a decisão do Sporting de apresentar queixa na Liga contra Sérgio Conceição por alegada agressão a Renan no clássico com o FC Porto, no passado sábado.

Numa publicação nas redes sociais, o diretor de comunicação dos 'dragões' questionou o facto de os 'leões' não terem recorrido da decisão do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) de não levar a julgamento a SAD do Benfica no processo E-toupeira.

"Os senhores que não recorrem da decisão do e-toupeira são os mesmos que apresentam queixa de um sururu num jogo de futebol? Assim se incendeia uma final da Taça porque há gente para quem é mais importante um jogo do que a verdade desportiva", criticou o dirigente portista no Twitter.

O departamento jurídico do Sporting decidiu avançar com uma queixa para a Comissão de Instrutores da Liga, com o conhecimento do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). O clube 'leonino' considera que Sérgio Conceição colocou a mão no pescoço de Renan.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.