O Gil Vicente bateu o Tondela por 3-2 em casa e afunda a equipa beirã na tabela, que agora soma os mesmos 30 pontos que Vitória de Setúbal, penúltimo classificado, e Portimonense.

O Tondela entrava pressionado pelo resultado do Portimonense minutos antes, mas a verdade é que foi o Gil Vicente a criar as primeiras oportunidades de golo: primeiro aos nove minutos, com Rúben Ribeiro a quase marcar um canto direto, com ajuda do vento, defendeu Babacar com a ponta dos dedos.

O Tondela respondeu e esteve perto do golo aos 23 minutos, quando Philipe Sampaio atirou ao lado após cruzamento de Moufi.

A equipa da casa acabaria por chegar ao golo aos 29 minutos, graças a um ‘tiraço’ de Rúben Ribeiro pela esquerda que desfez o nulo no marcador.

A partida chegou ao intervalo e os ‘galos’ saiam com uma vantagem perfeitamente justificada face ao que criou no primeiro tempo. O Tondela, que estava obrigado a vencer, acabou por realizar uma primeira parte sem criar grande perigo, o que pedia uma mudança de atitude da equipa de Natxo Gonzalez.

A equipa beirã esteve perto do empate no recumeço da segunda parte, quando Jonathan Toro ficou perto de colocar o esférico para lá da linha de golo, mas Denis, com uma palmada, tirou o perigo aos 48’.

O Gil Vicente voltava a ameaçar, com Rúben Ribeiro, de novo, a obrigar Babacar à defesa para canto aos 57 minutos. Na marcação do mesmo, o golo acabou por surgir e novamente por um Rúben, desta vez o Fernandes. Ygor Nogueira cabeceia após Rúben Ribeiro ter batido o canto, e Rúben Fernandes acaba por desviar o eférico e coloca-lo no fundo das redes.

O Tondela continuava sem conseguir responder e quem aproveitava era o Gil Vicente, que aos 64 minutos, viu o marcador subir ao 3-0, graças a golo de Kraev, após passe de Rúben Ribeiro, que coloca a bola entre o guardião do Tondela e o poste.

Natxo Gonzalez mexeu e o Tondela causou mais perigo, acabando por reduzir a desvantagem aos 73 minutos, após canto, com Yohan Tavares a aproveitar passividade da defesa gilista.

O golo motivou a equipa beirã, que chegou ao segundo por Philipe, que aproveutou a defesa incompleta do guarda-redes da casa e fez o 3-2, aos 84 minutos.

No último lance do jogo, o Tondela ainda colocou Babacar na grande área mas o empate não surgiu.

Com este resultado, o Tondela continua a somar os mesmos 30 pontos com os quais iniciou a jornada e continua em perigo na luta pela manutenção. Já o Gil Vicente sobe ao 9.º lugar da classificação, com os mesmos pontos que o Moreirense, que joga amanhã frente ao Paços de Ferreira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.