O Gil Vicente venceu hoje por 1-0 na receção ao Rio Ave, em jogo da 30.ª jornada da I Liga, ficando com a manutenção praticamente assegurada quando faltam disputar quatro jornadas. O resultado pode também permitir ao Famalicão ultrapassar os vilacondenses no quinto lugar.

Um golo do defesa brasileiro Rodrigo, aos 39 minutos, foi suficiente para assegurar o triunfo da equipa de Barcelos – que tinha vencido apenas um dos seis encontros anteriores na prova -, apesar de ter atuado em inferioridade numérica desde os 54 minutos, devido à expulsão de Rúben Fernandes.

O Rio Ave foi o primeiro a criar perigo (13'), num contra-ataque rápido, mas Diego não chegou a tempo de responder ao cruzamento de Gelson Dala. O Gil Vicente tentou responder 'na mesma moeda' aos 18 minutos, com Lourency a combinar com Rúben Ribeiro, este tentou o remate, mas Matheus Reis afastou para canto.

Aos 22' Al Musrati saiu com queixas do relvado, dando lugar a Filipe Augusto. O brasileiro tentou assustar o guardião do Gil Vicente pouco tempo depois, num remate de fora da área, mas sem sucesso. Aos 37' Lourency tentou servir Sandro Lima, que tinha tudo para marcar, mas Kieszek estava atento e conseguiu tirar a soco.

Acabou por ser Rodrigo (39') a dar vantagem aos gilistas, num livre batido por Rúben Ribeiro, com o defesa central a saltar mais alto do que todos e a cabecear para o fundo das redes. Já em cima do intervalo, Lourency atirou rasteiro na sequência de um canto mas Sandro Lima chegou tarde à emenda, mantendo-se a vantagem por 1-0 até ao intervalo.

A segunda parte arrancou com três alterações no Rio Ave (entraram Nuno Santos, Bruno Moreira e Messias), mas a equipa de Carlos Carvalhal continuava sem encontrar o caminho do golo. Aos 54' Rúben Fernandes viu o segundo amarelo por falta sobre Taremi e deixou o Gil Vicente reduzido a dez unidades.

Em vantagem numérica, os vilacondenses tentaram chegar ao empate, com Taremi (57'), de livre, a obrigar Dênis a aplicar-se. Logo a seguir, Iancu Vasilica assinalou grande penalidade favorável ao Rio Ave, considerando que Lourency havia derrubado Gelson Dala na área. Após indicação do VAR, o árbitro acabou por ir ver as imagens e reverteu a sua decisão inicial, retirando também o cartão amarelo mostrado a Lourency.

O Rio Ave não baixou os braços e continuou à procura do empate, sendo que Tarantini até conseguiu marcar aos 82', mas Taremi estava em fora de jogo antes de assistir o companheiro, mantendo-se assim a vantagem gilista.

Já perto dos 90' Lino quase fez o 2-0 para a equipa da casa, através de um remate na área cruzado com a bola a sair perto do poste. Logo a seguir Bruno Moreira rematou à meia volta, obrigando Dênis a nova intervenção. E o marcador não voltou a mexer.

Com este resultado, o Rio Ave mantém-se no quinto lugar, com 47 pontos, mas pode ser ultrapassado ainda hoje pelo Famalicão, que tem menos dois e se desloca a Tondela, enquanto o Gil Vicente recuperou o ‘tranquilo’ 11.º posto, com 36.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.