O horário do jogo (21h00 de um dia de semana) e a chuva que caía não terão ajudado, e o mau momento da equipa de futebol (a 19 pontos do líder da I Liga) também terá contribuído para estes números. Mas o facto é que não há memória de tão poucas pessoas a assistirem a um encontro do Sporting em casa para o campeonato como as que viram ao vivo os 'leões' baterem o Marítimo por 1-0 na noite de segunda-feira.

Foram 12798 os (corajosos) espectadores aqueles que se deslocaram ao Estádio José de Alvalade para verem o colombiano Borja oferecer um suado triunfo ao conjunto leonino, que assim subiu ao 3.º lugar da tabela classificativa da I Liga. O SAPO Desporto foi investigar, consultou os dados disponíveis no site oficial da Liga Portugal relativos às assistências de todos os jogos do campeonato do Sporting em casa desde 2009/10 (a Liga não tem disponíveis online dados referentes a épocas anteriores) e constatou que nunca nas últimas dez épocas houve tão poucos espectadores num jogo para o campeonato em Alvalade.

Efetivamente, para se encontrar uma partida assistida por menos do que 20 mil pessoas no 'covil' dos 'leões' para a I Liga é preciso recuar até 2012/2013, quando pouco mais de 19 mil pessoas assistiram ao triunfo caseiro, por 1-0, do Sporting sobre o Beira Mar. Jesualdo Ferreira treinava então o conjunto leonino, que iria acabar a temporada no sétimo posto, a sua pior classificação da história. A título de curiosidade, André Carrillo apontou o único golo da partida.

Entre essa fatídica época e o jogo da noite da última segunda-feira o pior registo de espectadores para o campeonato no José de Alvalade foi de 25495, num jogo com o Penafiel, na temporada de 2014/15 que terminou com um triunfo por 3-2 dos 'verdes e brancos', orientados por Marco Silva. Ou seja, nas últimas cinco épocas não tinha havido nenhum jogo com menos de 'meia casa' (considerando que o Estádio José Alvalade alberga à volta de 50 mil espectadores) para o campeonato nacional de futebol.

Antes do encontro de segunda-feira com o Marítimo, a pior assistência desde que há registos no site da Liga Portugal - ou seja, desde 2009/10 - , era de 15510 espectadores, numa visita do União de Leiria, a meio da época de 2010/11, que terminou com um nulo. José Couceiro era, então, o treinador do Sporting.

Média de espectadores a descer a olhos vistos

Outros números saltam à vista num olhar para o número de espectadores que têm marcado presença em Alvalade nos últimos tempos. Esta época, apenas em quatro dos nove jogos disputados em casa para a I Liga o Sporting superou a barreira dos 30 mil espectadores, e só nos embates com os rivais FC Porto e Benfica ultrapassou os 40 mil.

Na temporada passada o Sporting superou os 30 mil espectadores em 11 dos 17 jogos em casa e os 40 mil em cinco. E, recuando mais uma época, em 2017/18, ainda no reinado de Bruno de Carvalho, apenas um jogo não teve mais do que 40 mil pessoas a assistir. Um cenário idêntico ao que se tinha verificado em 2016/17, quando só o encontro da última jornada não atingiu os 40 mil espectadores, superando ainda assim claramente os 30 mil.

Foram duas épocas em que a média de espectadores no Estádio José de Alvalade para a I Liga superou os 40 mil (respetivamente 43623 espectadores em 2017/18 e 40135 em 2016/17). Esta época, e já com os dois jogos que atraem mais espectadores - frente a Benfica e FC Porto - disputados, a média está nuns bens distantes 30965. E já na época passada a queda foi notória, descendo para os 33691 espectadores de média.

Para se encontrar uma média de espectadores mais baixa em Alvalade do que aquela que os 'leões' apresentam esta temporada ao fim de nove jogos é preciso recuar até à temporada de 2012/13 - a tal do sétimo lugar final - quando os 15 jogos para a I Liga realizados no recinto do conjunto leonino contaram com uma média de apenas 26521 espectadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.