Héctor Herrera, que trocou o FC Porto pelo Atlético de Madrid a 'custo zero' no último verão, depois de seis épocas e meias de dragão ao peito, recordou em entrevista ao jornal 'O Jogo' a sua passagem pelo clube portista.

Na mesma entrevista, o agora jogador do Atlético de Madrid foi questionado sobre aquele que foi, talvez, o seu momento mais alto pelo FC Porto: o golo apontado em pleno Estádio da Luz, perto do final da temporada de 2017/18, que possibilitou aos 'dragões' passarem para a frente do campeonato e garantirem, então, o título de campeão, na primeira época de Sérgio Conceição à frente do clube.

Questionado sobre esse mesmo jogo, Herrera admite que, na sua opinião, o momento decisivo aconteceu dois jogos antes, quando o FC Porto perdeu frente ao Belenenses.

"Um dos momentos mais importantes foi esse jogo, duas jornadas antes perdemos com o Belenenses e dizem que o golo na Luz foi o mais importante, mas no grupo sempre dissemos que foi a conversa após o jogo com o Belenenses. Todos assumimos a responsabilidade pela asneira que tínhamos feito. Ver o Iker a falar e a chorar foi o momento mais importante do campeonato. Sem essa conversa no balneário, sem o mister, entre nós, como homens, equipa e família, não tínhamos conseguido a vitória na Luz", referiu o mexicano de 29 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.