O empresário de Héctor Herrera garantiu em declarações ao jornal A Bola que o internacional mexicano não vai deixar o FC Porto na reabertura do mercado, e deixou em aberto a possibilidade do médio continuar no Dragão para lá desta temporada.

"«Nada do que foi hoje [ontem] escrito e do que tem sido dito nos últimos dias é verdade. O Héctor não se comprometeu com clube algum. Nem com Inter, nem com Roma, nem com Milan, como também já insinuaram. Uma das mentiras agora escritas fala na minha presença em Itália para acertar os detalhes do contrato. Pois eu nem do Porto saí, porque tenho a minha filha doente", atirou Gabriel Moraes.

O empresário desmentiu ainda a informação avançada ontem pelo jornal 'Corriere dello Sport' de que o médio já tinha dado o "sim" ao Inter e na qual era referido que Herrera estava perto de ter o passaporte português, o que facilitaria a sua contratação por parte dos 'nerazzurri'.

"Até isso é mentira. Em setembro passado a lei mudou e o Héctor só em julho cumprirá todos os requisitos necessários para solicitar passaporte português e obter o estatuto de jogador comunitário. Mas, como todos sabem ou deviam saber, esse é um processo que pode demorar mais alguns meses", afirmou o agente do mexicano.

Gabriel Moraes deixou ainda a garantia de que o capitão dos 'azuis e brancos' poderá continuar no Dragão para lá de junho, mês em que termina contrato com os campeões nacionais.

"O Héctor não fecha a porta à continuidade no FC Porto. Tem havido conversações com o presidente Pinto da Costa é tudo pode acontecer", disse, antes de descartar uma saída em janeiro.

"O Héctor não sairá do FC Porto neste mês. Ele quer somar mais títulos no clube e é só nisso que pensa", finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.