A Liga de Clubes ainda não tem datas nem informações sobre como e quando terminar o que resta dos campeonatos profissionais de futebol.

Em declarações à rádio TSF, Pedro Proença, presidente da Liga, reconhece que terminar a época exigirá um "esforço de todos", mas sublinha que "todos os cenários já estão montados". Mas, em primeiro lugar, está a "saúde do povo português, atletas e agentes desportivos", reconhece o dirigente.

A Liga de Clubes conseguiu um "um alargamento do espaço desportivo de cerca de 45 dias" devido ao adiamento do Euro2020 para o ano seguinte, tempo esse que poderá ser usado para retomar as competições. Mas tudo irá depender da evolução da pandemia de COVID-19.

"Temos três meses para retomar. Temos a plena convicção de que vai ser possível ainda jogar na presente temporada", garantiu Pedro Proença à TSF.

Nem que para isso se tenha de jogar a porta fechada, garantiu Proença. No entanto, qualquer decisão estará sempre dependente das " indicações das autoridades de Saúde"

"Jogar à porta fechada é uma possibilidade, assim como uma tipologia de torneio que permita encurtar as competições", reconheceu Pedro Proença à TSF.

A paragem dos campeonatos profissionais está a ter um forte impacto financeiro nos clubes. Sem avançar, para já, o montante das perdas dos emblemas da Primeira e Segunda Ligas, Pedro Proença garante que o futebol terá de regenerar-se, reinventar-se para fazer face às pernas económicas. Com a drástica redução de receitas, todas as situações estão em cima da mesa, inclusive recorrer aos mecanismos disponibilizados pelo Governo, incluindo o lay-off, caso seja mais demorado o regresso à normalidade.

O líder da Liga volto a sublinhar que é crucial terminar o que resta da época, para se determinar que sobe e desce de divisão e quem vai representar Portugal nas provas da UEFA: Liga Europa e Liga dos Campeões.

As federações da Europa voltam a reunir-se esta quarta-feira com a UEFA para receber instruções sobre o que fazer nos próximos dias em relação ao futebol.

De recordar que os campeonatos profissionais em Portugal estão parados desde o dia 12 de março, devido ao surto de COVID-19 que assola Portugal, a Europa e o Mundo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.