Análise: “A equipa lutou até à exaustão. Estou satisfeito com a vontade e a intensidade. O desfecho não me satisfaz, claro. No golo sofrido temos de ser mais incisivos. Os jogadores tentaram, mas não estávamos equilibrados nesse lance. Acredito muito nos atletas do Vitória. Chegámos à frente muitas vezes. Na primeira parte demos a iniciativa ao Famalicão, mas aí tivemos duas bolas no ferro e mais algumas oportunidades. A responsabilidade é minha. O jogo ficou partido e isso permitiu transições ao Famalicão. Queríamos chegar com muita gente na frente, isso foi notório”.

Poucos golos marcados na I Liga: “A responsabilidade é minha. Tenho de implementar o aperfeiçoamento na zona de finalização. Isso melhora-se com trabalho e dedicação. O volume de jogo ofensivo que criámos é alto e por isso acho que tudo acontecerá naturalmente. Acredito no nosso processo. Estamos a chegar com muita gente à área e no golo de hoje tínhamos três homens lá. Às vezes é uma questão de milímetros”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.