Jorge Jesus mostrou-se satisfeito com a vitória alcançada no terreno do Desportivo das Aves, por 2-0. O técnico considera que a sua equipa subiu de rendimento na segunda parte, com as mudanças operadas.

"Jogámos com muito calor e na primeira parte a intensidade foi baixa. As entradas do Battaglia e do Podence deram mais velocidade à equipa e criámos mais oportunidades. O melhor do Sporting foi o processo defensivo, estivemos muito fortes e o Aves não criou perigo", começou por dizer, na zona de entrevistas rápidas.

"É fundamental ter jogadores de qualidade e um grupo unido. Nos bons e maus momentos, toda a gente. Temos de traçar um caminho do processo e há dois anos que andámos à procura dele, analisou.

Questionado se o Sporting está agora mais perto do título, Jorge Jesus refere que tudo se trata de um processo de evolução e assimilação de ideias. "Temos dois anos de trabalho e é natural que as minhas ideias tenham mais eficácia. Mas tivemos cinco atletas novos na equipa inicial. Para ganhar títulos não basta ter bons jogadores", disse.

Sobre a aposta em Bruno Fernandes na posição 10: "O Bruno e o Podence têm características diferentes. O Bruno tem golo, segura melhor a bola, assiste melhor os colegas. O Daniel é um jogador com mais velocidade, desestabiliza, mas ainda não tem a produção que lhe vou ensinar a ter. Senti que podia mexer mais no jogo quando o adversário estivesse mais fatigado."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.