João Félix acredita que o irmão mais novo Hugo, que pertence às escolas do Benfica, tem tudo para chegar à equipa principal e ter sucesso no futebol.

Em declarações à BTV, os dois irmãos começaram por recordar o momento em que festejaram juntos no Estádio da Luz, depois de João Félix ter marcado um golo ao Vitória Setúbal, na época passada.

"Não foi nada combinado, foi o primeiro jogo em que ele foi como apanha-bolas e calhou ficar naquela baliza onde acabei por fazer golo. Depois desse houve mais um que fui festejar com ele", começa por dizer o avançado do Atlético Madrid.

Hugo, atualmente nos sub-16 do Benfica, não esquece os 'calduços' que apanhou dos companheiros do irmão. "O Pizzi e o Samaris esticaram-se um bocadinho", comentou.

João Félix não poupou nos elogios ao seu irmão mais novo: "Se tudo correr bem, se continuar a trabalhar e focado com tem feito, se continuar a ouvir as pessoas que o querem ajudar, certamente que terá sucesso, porque como já disse, com a idade dele nem tinha o 'caparro' que ele tem, nem fazia coisas que ele faz agora. Com as pessoa que tem à volta no Benfica, a minha mãe, o meu pai e eu, tem tudo para correr bem e chegar à equipa principal."

Ainda sobre as semelhanças em relação à forma como os dois jogam, João Félix admitiu que ambos procuram "muito o golo".

"Ele bate melhores livres do que eu e eu bato melhor penáltis, mas jogamos mais ou menos nas mesmas posições. No futebol, é preciso jogar simples, mas gostamos de fazer algo diferente, que anime o público e nisso temos algumas parecenças. Desde pequenos vimos um e outro a jogar e tentamos fazer igual", explicou o jogador do Atlético de Madrid.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.