Félix foi eleito pelos treinadores do campeonato com uma percentagem de 20,83%, batendo Chiquinho, do Moreirense, segundo com 9,26%, e Bruno Fernandes, terceiro com 7,41%.

Nos prémios posicionais, o brasileiro Jhonatan, do Moreirense, recebeu 11,57% dos votos para guarda-redes do mês, enquanto o também brasileiro Éder Militão foi o melhor defesa e Bruno Fernandes o melhor médio.

Nos avançados, a escolha recaiu sobre o brasileiro Dyego Sousa, do Sporting de Braga, com o treinador do Moreirense, Ivo Vieira, a bater Bruno Lage (Benfica) e Sérgio Conceição (FC Porto) pelo troféu de treinador do primeiro mês de 2019, enquanto o melhor golo foi do espanhol Grimaldo, na goleada do Benfica ao Boavista (5-1), na 19.ª jornada.

Na II Liga, o prémio de melhor do mês recaiu sobre o brasileiro Pedro Henrique, do Leixões, que bateu Tiago Dantas e o inglês Willock, ambos do Benfica B.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.