O treinador do Marítimo, José Gomes, disse hoje esperar uma partida interessante na deslocação de domingo ao terreno do Rio Ave, para a 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O adversário, orientado por Carlos Carvalhal, mereceu muitos elogios por parte do técnico ‘verde rubro', que nota algumas parecenças nas duas equipas, nomeadamente na procura de dominar a partida, na qual espera não haver vento, para não afetar a qualidade de jogo.

"Na organização defensiva, procuram não dar muito espaço entrelinhas, mas, ao mesmo tempo, são agressivos na forma como pressionam. Acho que vai ser um jogo interessante e vamos ver quem é que vai conseguir tirar vantagem nesta luta de forças entre aquilo que é o controlo do jogo com a bola", salientou, na conferência de imprensa de antevisão.

O jogo marca o regresso de José Gomes a Vila do Conde, onde treinou o Rio Ave na primeira metade da época 2018/19, mas o conhecimento da antiga equipa não traz muitas vantagens, de acordo com o treinador do Marítimo.

"As coisas no futebol mudam rapidamente. Saíram jogadores, chegaram outros e tem, agora, uma forma diferente de jogar com o Carlos Carvalhal. Conheço grande parte dos jogadores, mas é verdade que as ideias são completamente diferentes", alertou.

A I Liga está de volta, o que significa o retorno da competição ao fim de duas semanas de paragem, e, apesar do maior tempo de trabalho, José Gomes revelou que preferia continuar em competição e confirmou a ausência de Daizen Maeda, a única baixa dos insulares, após se ter lesionado ao serviço da seleção sub-22 do Japão na semana passada.

Com o começo do ano, abriu o mercado de transferências de ‘inverno' e o Marítimo já fez movimentações, com a entrada do avançado internacional camaronês Joel Tagueu, que regressa à Madeira depois da passagem na segunda metade da época 2017/18 e na temporada 2018/19.

"Eu pedi um jogador que nos ajudasse a fazer golos. O Joel deixou aqui uma boa imagem e mostrou aptidão para fazer golos e é com essa capacidade do Joel que nós estamos a contar para o futuro", comentou José Gomes, que admitiu estar a ser trabalhado um "ajuste" em função das entradas e saídas, preferindo um plantel com um "número reduzido de jogadores".

O Marítimo, 13.º classificado com 15 pontos, visita o Rio Ave, sexto com 19, no domingo, com o apito inicial marcado para as 15:00.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.