José Roquette fez um balanço positivo do trabalho de Frederico Varandas à frente do Sporting, elogiando os "resultados desportivos" e a "alguma recuperação" noutras áreas. O antigo presidente dos 'leões' pede tempo, lembrando que o trabalho da atual direção nunca iria ser fácil, depois de tudo o que se passou a seguir a invasão a Alcochete.

"Os danos que foram causados pela direção anterior foram de uma dimensão que nunca aconteceu na história do Sporting. E isso tem de ser entendido pelos sócios e adeptos do Sporting como qualquer coisa que vai exigir tempo. O que tem de entender-se dentro do universo Sporting é que há que dar tempo ao tempo. Esta direção, obviamente, não vai fazer milagres. É impossível passar de uma situação como aquela [invasão à Academia] que se viveu no ano passado para uma história de sucesso", disse o empresário de 82 anos em entrevista ao programa 'Sob escuta'’, da Rádio Observador.

Sobre os problemas financeiros que o clube enfrenta, Roquette defende que o Sporting é "sustentável", mesmo não vendendo a maioria do capital social da SAD.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.