Com o peso de ter custado 20 milhões de euros, Julian Weigl reconhece que os adeptos do Benfica ainda não conseguiram ver realmente tudo o que é capaz de fazer dentro das quatro linhas. O alemão considera que ainda poderá ajudar mais a equipa.

"Sou sempre eu jogando bem ou jogando mal. Sei que posso ajudar mais a equipa, sei que tenho de melhorar e controlar o jogo. É claro que quero fazer mais passes determinantes para os companheiros e com isso ajudar na nossa forma de jogar, marcar os ritmos do jogo, sobretudo do ponto de vista defensivo. Essas são as coisas que posso acrescentar à equipa."

Três meses volvidos depois da chegada a Portugal, Weigl  garante que está muito feliz no Benfica e no campeonato português.

"Estou muito contente por estar aqui. As primeiras impressões foram muito, muito boas. Toda a gente me recebeu e tem tratado muito bem, toda a gente tem sido realmente muito simpática. É verdade que tivemos alguns jogos em que não conseguimos os resultados que pretendíamos, que era vencer, mas acho que ainda temos todas as hipóteses intactas para vencer o campeonato e a Taça de Portugal. E estou ansioso pelos próximos jogos."

Em relação ao peso dos 20 milhões de euros que o Benfica pagou pelo seu passe, o médio refere que não é "coisa que pense", mas sublinha que ainda está em processo de adaptação."

"Não é coisa em que pense. Sei que o Benfica pagou muito dinheiro pelo meu passe, mas confio muito em mim e nas minhas capacidades. Estou a atravessar um processo e aqui agora tudo é novo para mim: novo clube, novo país, nova linguagem, novas pessoas, novos jogadores a quem tenho de me adaptar para me integrar na equipa", atira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.