Marcel Keizer fez um balanço positivo da sua época de estreia no comando técnico do Sporting, mas recusa assumir a candidatura ao título de campeão enquanto o mercado de transferências não fechar.

Em entrevista ao jornal Record, o treinador do Sporting destacou o carácter dos jogadores que liderou na conquista da Taça da Liga e da Taça de Portugal.

"Sinto-me bem e estou muito feliz com o trabalho que realizei com a equipa, pois foi muito bom. Os resultados desse trabalho são dois troféus, mas para mim, como treinador, só conta o trabalho com os jogadores. Quando aqui cheguei, a minha única expectativa era colocar a equipa a jogar um futebol agradável que nos permitisse vencer. Estes são os passos que temos de continuar a dar e, como já disse após a segunda final, esta equipa tem muito carácter", começou por dizer Marcel Keizer.

"[Jogadores apontam ao título?] Eu não disse isso, já os jogadores podem dizer o que entenderem, não há problema. É claro que eles querem o título, todos queremos o título, mas é muito difícil pois há boas equipas em Portugal e a competição é grande. É certo que temos uma boa equipa, mas temos de esperar pela janela de transferências, pois vai depender muito disso. Há jogadores que vão entrar e outros que vão sair, mas percebo que os jogadores desejem o título. Aliás, até é bom que o admitam", frisou o técnico holandês.

"Nós sabemos que perdemos pontos após a Allianz Cup [Taça da Liga]. Não tivemos um bom mês de fevereiro pois tivemos a lesão do Mathieu, o Petrovic partiu o nariz nessa final...Perdemos muito naquela taça em janeiro. É certo que ganhámos muito pois conquistámos o troféu, mas também perdemos muito.Depois, ainda tentámos compensar, mas já não conseguimos. Entretanto, ainda disputámos os jogos europeus e isso tornou o campeonato muito complicado, pois a nossa equipa não conseguiu lidar com isso. Na próxima época temos de gerir a equipa para todas as provas, mas temos de dar mais importância ao campeonato, obviamente", analisou Marcel Keizer sobre um dos piores períodos da sua equipa na última temporada.

"É certo que vão sair uns quantos jogadores. A minha esperança é que os 14/15 jogadores com mais minutos fiquem. Normalmente, isso não acontece, e vai ser preciso fazer alterações. A grande dúvida é se será preciso fazê-lo em duas posições ou em cinco. Se todos ficassem, com o Neto e o Vietto, não teríamos problemas...", assumiu Keizer antes de ser questionado sobre o favoritismo do atual campeão nacional na luta pelo título na próxima época.

"Não, o Benfica não é favorito. Eu penso que vai ser uma luta entre três ou quatro equipas novamente. Todos os clubes vão apresentar equipas fortes, mas os treinadores podem ter jogadores diferentes. O início de época é sempre importante, pois toda a gente procura obter resultados. De qualquer forma, penso que é possível construir uma nova equipa num par de semanas. É sempre difícil, pois começamos sem os internacionais, mas acontece em todas as equipas. Vamos ter de construir a equipa em algumas semanas e vamos fazê-lo", disparou Marcel Keizer.

"[Que jogadores gostaria de ver os rivais perderem?] Não consigo dizer. Eu não olho muito para as outras equipas, só me preocupo com a minha. Este ano, a minha equipa não foi suficientemente boa para ganhar o campeonato, fizemos o suficiente para ganhar a taça, mas queremos fazer melhor. Convém assinalar que o Benfica e o FC Porto têm grandes jogadores, tal como a nossa. Na final da Taça, vi excelentes jogadores no FC Porto, tal como o Benfica está recheado de talento com jogadores tecnicistas. Mesmo que sai um bom jogador, vão continuar com uma equipa forte", considerou o técnico do Sporting.

"Sim, é muito importante o Sporting regressar à Champions. A única coisa que posso prometer é que vamos fazer todos os possíveis para ficarmos nos dois primeiros lugares. No futebol não se podem fazer promessas, especialmente no início ou durante uma janela de transferências. Pela minha parte, garanto que vamos fazer tudo para deixar a equipa preparada para os dois primeiros lugares", sentenciou Marcel Keizer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.