O FC Porto venceu hoje na receção ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 1-0, em jogo da 10.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e repôs em dois pontos a desvantagem para o líder e campeão Benfica. Confira as declarações de Leandro Pires, treinador do Desportivo das Aves.

O jogo

"Sabíamos que o FC Porto ia tentar entrar forte e entrámos desconfiados disso. Durante os primeiros 25 minutos não estivemos muito confortáveis com bola, mas fechámos bem todos os espaços e não permitimos que o FC Porto entrasse no último terço defensivo da nossa equipa. Depois a equipa começou a soltar-se, chegou mais a frente e os meus jogadores fizeram um jogo de grande carácter e mantivemos o resultado incerto até ao fim. Não conseguimos criar muitos lances de finalização, mas tivemos um ou outro em que podíamos ter criado mais danos."

O adversário

"O FC Porto obrigou-nos a um desgaste muito grande, mas sabíamos que podíamos aproveitar alguns espaços que eles dão. De vez em quando conseguimos, mas houve um desgaste muito grande e não chegámos com o melhor critério ao último terço."

Mudanças na equipa

"O Kevin não era meu jogador, o Rafael Aflalo conheço bem, tem qualidade e pensámos que podia ser útil com o jogo de cruzamentos que o FC Porto tem, o Aflalo é forte aí e poderia ajudar-nos. O Kevin é uma surpresa, não o conhecia em profundidade, é um jogador com potencial e qualidade."

Continuar como treinador

"Já digo e volto a dizer, a minha posição não é importante, é importante que o Desp. Aves saia de onde está. A SAD sabe a minha forma de estar, sabe o que quero para o futebol e faço o meu trabalho. Depois logo se analisará."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.