O treinador Leonel Pontes deu os primeiros passos ainda na formação do Sporting, mas foi a sua subida à equipa principal há 14 anos, ao lado de Paulo Bento, que deu a primeira notoriedade ao ‘adjunto’ madeirense.

Leonel Pontes, de 47 anos, vai regressar ao banco da equipa principal ‘leonina’, para a qual foi hoje anunciado como técnico interino, face à saída do holandês Marcel Keizer, numa função que não lhe é, de todo, desconhecida.

O madeirense, nascido no Funchal, foi um dos adjuntos de Paulo Bento, atual selecionador da Coreia do Sul, quando em 2005/06 o antigo futebolista, então treinador dos juniores do Sporting, foi apontado para substituir José Peseiro.

Paulo Bento e Leonel Pontes coincidiram em boa parte do percurso, mesmo depois de o ex-futebolista ser convidado, em setembro de 2010, para selecionador português, função na qual voltou a contar com o adjunto.

Mas antes, quando Paulo Bento deixou o Sporting, Leonel Pontes ainda orientou em 08 de novembro de 2009 um único jogo da equipa principal, a anteceder a entrada de Carlos Carvalhal, num jogo em que os ‘leões’ empataram a 2-2 fora com o Rio Ave.

Em 2014/15, a ‘solo’, e já depois de deixar a equipa técnica da Federação Portuguesa de Futebol, o técnico regressou à cidade natal do Funchal, para treinar o Marítimo, naquela que foi verdadeiramente a primeira experiência como treinador principal.

Um vínculo que terminou antes do final dessa época, com o técnico a sair da equipa em março de 2015, depois de uma derrota em casa do Vitória de Guimarães e quando a equipa seguia em 11.º lugar no campeonato.

Na época seguinte, Leonel Pontes iniciou uma carreira ‘fora de portas’, com várias experiências de curta duração.

Primeiro, em 2015/16 apenas com cinco jogos nos gregos do Panetolikos, não resistindo, uma vez mais, aos maus resultados (duas vitórias, um empate e duas derrotas), e, na mesma época, no Ittihad Alexandria, do Egito, do qual também saiu.

Em 2016/17, Leonel Pontes assumiu o Debrecen à sexta jornada, e terminou o campeonato húngaro em oitavo lugar, optando, no final, por rescindir contrato, por mútuo acordo.

Na última temporada, Leonel Pontes esteve no Jumilla, emblema da segunda divisão B espanhola, para na atual regressar ao Sporting e assumir o projeto dos sub-23, equipa com a qual liderava a Liga do escalão, com cinco vitórias em cinco jornadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.