O treinador do Vitória de Setúbal, Lito Vidigal, disse hoje que a sua equipa vai fazer tudo para regressar aos triunfos no domingo no terreno do Rio Ave, na 17.ª jornada da I Liga de futebol.

"Olhamos para os adversários com a possibilidade de os vencer. A nossa ideia é sermos competitivos. A equipa está forte, competitiva e continua a acreditar no que pode fazer. É este o caminho", frisou em conferência de imprensa.

O técnico dos sadinos reconheceu que a missão não se avizinha fácil em Vila do Conde, pois "o Rio Ave é um adversário difícil” e “é um clube que está estabilizado e que nos últimos anos joga habitualmente para entrar nos primeiros cinco ou seis lugares da Liga".

Apesar de o Vitória de Setúbal não vencer há cinco jornadas no campeonato [quatro derrotas e um empate], Lito Vidigal faz um balanço positivo da época, não hesitando em compará-la com a temporada passada.

"Continuamos a somar pontos e temos mais do que na época passada [18 na atual e 11 em período homólogo de 2017/18]. Mesmo mudando jogadores, a equipa tem evoluído e crescido. Nos jogos em que não somamos pontos criamos muitas situações de golo. Há que continuar este caminho porque as vitórias vão aparecer", vaticinou.

O treinador, que garante que o "Vitória tem o orçamento mais baixo da I Liga", não poupa elogios aos seus jogadores, valorizando o trabalho realizado.

"Os 18 pontos que o clube tem neste momento têm de ser valorizados. O gasto de energia que o Vitória tem para conseguir estes 18 pontos é o dobro de outros clubes. Temos muitos constrangimentos como encontrar espaços para treinar", lamentou.

Lito Vidigal comentou ainda a manifestação de desagrado dos adeptos em relação há equipa, após o empate (0-0) com o Chaves na jornada anterior, dizendo que é prejudicial.

"A questão dos adeptos é mais uma. Temos de os respeitar, mas, pela entrega e atitude, falo por mim, no final, bato sempre palmas aos meus jogadores, porque dão sempre o máximo. Sempre que os adeptos protegeram os jogadores, lhes deram conforto e os apoiaram, arrancámos sempre boas exibições em casa", disse.

Já sem o guarda-redes Joel Pereira (regressou ao clube de origem, Manchester United), os sadinos não podem contar também com o guardião brasileiro Milto Raphael (recupera de lesão). João Valido, guarda-redes dos sub-23, de 18 anos, será o suplente de Cristiano diante do Rio Ave, confirmou o treinador.

O Rio Ave, 11.º classificado, com 19 pontos, e Vitória de Setúbal, 12.º, com 18, defrontam-se domingo, 20 horas, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, em partida da 17.ª jornada da I Liga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.