O avançado maliano do FC Porto Marega criticou hoje a equipa de arbitragem que o penalizou após ter sido alvo de cânticos racistas, na visita ao Vitória de Guimarães, da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

Numa publicação na sua conta oficial na rede social Instagram, Marega dirigiu-se aos adeptos como “idiotas”, contestando ainda o comportamento da equipa de arbitragem, liderada por Luís Godinho.

O jogador do FC Porto Marega pediu hoje, ao minuto 71, para ser substituído do encontro com o Vitória de Guimarães, a contar para a 21.ª jornada da I Liga de futebol, por alegados cânticos racistas dos adeptos da formação vimaranense.

Numa altura em os ‘dragões' venciam por 2-1, o jogador maliano saiu do relvado, enquanto os colegas o tentavam demover. Mas Marega estava irredutível na decisão, apontando para as bancadas e apontando o polegar para baixo.

Sérgio Conceição falou com o jogador, já fora das quatro linhas, e logo de seguida ordenou a substituição.

O jogo esteve parado cerca cinco minutos e nas bancadas só se ouviam insultos para o jogador portista que marcou o segundo golo dos ‘dragões’ e que jogou no Vitória de Guimarães.

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.