Chegou ao FC Porto em 2018/2019, contudo Shoya Nakajima já tem um momento para mais tarde recordar ao serviço dos azuis e brancos.

"O primeiro golo que fiz pelo FC Porto, apesar de ter sido um golo em que apenas tive de encostar a bola. O primeiro golo podia ter sido mais bonito... (risos)", afirmou em entrevista à revista 'Dragões'.

O japonês falou ainda na recuperação do FC Porto que chegou a estar a sete pontos do Benfica.

"No futebol tudo pode acontecer e sempre acreditámos que a recuperação seria possível. Foi sem dúvida uma vitória muito importante para o FC Porto [No clássico frente ao Benfica], mas a verdade é que ainda faltam disputar muitos jogos e o Benfica não irá certamente atirar a toalha ao chão. Temos de nos manter focados no trabalho diário, com o pensamento de que nada está conquistado e que temos de evoluir a cada dia e a cada jogo para continuar na liderança", considerou.

Nakajima abordou também o segredo do grupo de trabalho.

"O segredo é o trabalho e nunca desistir, dia após dia e semana após semana. É também por esse espírito [de união e ambição] que é tão gratificante estar no FC Porto. Temos um balneário em que os jogadores se ajudam mutuamente. Aliás, isso é algo que o mister pede e o grupo corresponde sempre."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.