Domingos Soares de Oliveira garante que a SAD do Benfica não estudou qual seria o impacto, "em termos de contabilização", que teria uma eventual contratação de qualquer jogador que tenha rescindido unilateralmente com o Sporting.

"Devo dizer, com toda a honestidade, que não equacionámos que impacto é que teria uma hipotética contratação de algum atleta do Sporting em termos de contabilização", refere o administrador da SAD 'encarnada' em entrevista ao jornal 'Negócios'.

Sobre a possibilidade de essas mesmas contratações obrigarem a constituir provisões devido a litígios judiciais, Soares de Oliveira refere que o assunto não foi analisado.

"Com toda a sinceridade não fizemos esse exercício, o que nos põe aqui num patamar diferente, se calhar, relativamente àquilo que as pessoas podem estar ávidas de saber, que é se vamos já contratar o A, o B ou o C", afirma Domingos Soares de Oliveira, que remete decisões sobre vendas de jogadores para agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.