A chegada de Rui Vitória ao comando técnico do Benfica coincidiu com uma mudança de paradigma nos encarnados que está diretamente relacionada com a aposta do clube nos talentos da sua formação.

Depois da saída de Vitória, o chamado 'elevador' que abre as portas aos mais jovens na primeira equipa das águias continuou e foi ampliado com Bruno Lage, técnico que já apostou com sucesso em cinco promessas do clube da Luz.

O jornal A Bola lembra na edição impressa desta terça-feira os jovens 'made in Seixal' que já tiveram oportunidades com Bruno Lage, sendo o caso mais recente o de Nuno Tavares.

O jovem lateral estreou-se a titular no passado domingo no jogo da Supertaça frente ao Sporting, e juntou-se a nomes como João Félix, Ferro, Florentino e Jota.

Comecemos por João Félix. O avançado, transferido para o Atlético de Madrid por 126 milhões de euros este verão, estreou-se a titular no clube da Luz pela mão de Rui Vitória, somando 463 minutos de jogo distribuídos por 14 jogos. Contudo, foi com Bruno Lage que a utilização do jovem, de 19 anos, foi mais efectiva, contabilizando 29 partidas e 2401 minutos.

Ferro e Florentino foram dois dos 'reforços' de inverno resgatados por Bruno Lage na equipa B. O defesa-central foi lançado às feras a 6 de fevereiro, frente ao Sporting, e desde então averbou 19 jogos e três golos, somando um total de 1677 minutos disputados. Já Florentino somou 15 partidas e 1080 minutos, marcando também um golo.

Por fim, destaque também para Jota. O jovem, de 20 anos, estreou-se com Rui Vitória no plantel principal,  contabilizando uma partida e 13 minutos jogado. Com Bruno Lage, o extremo/avançado ganhou mais visibilidade e já contabiliza seis partidas e 93 minutos com a camisola das águias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.