O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol já deu a conhecer o mapa de castigos referente aos dois primeiros jogos da 25.ª jornada, a jornada da retoma da I Liga.

No mapa descobre-se afinal o que disse Vítor Bruno, adjunto de Sérgio Conceição, que levou Nuno Almeida a dar ordem de expulsão ao técnico, aos 59 minutos.

"Ó boi, deixa de falar para o Pepe, ó boi, deixa de falar para ele", foram as palavras que valerão ordem de expulsão direta para Vítor Bruno além de ter sido punido com uma multa de 230 euros por ter saído da área técnica e "usando línguagem ofensiva e insultosa para com um jogador adversário".

Além disso, o FC Porto foi multado em 408 euros devido ao atraso na saída dos 'dragões' dos balneários no inicio da partida. Otávio, que viu o quinto amarelo, fica de fora do próximo jogo, além de ter sido punido com uma multa de 204 euros.

Do lado do Famalicão somam-se 360 euros em multas: 164 euros pelo atraso na saída dos balneários no recomeço do jogos, 62 pelo 5.º amarelo de Alejandro Plaza, 31 pelo 2.º de Toni Martínez, 62 pelo 5.º de Neuhen Perez e 41 pelo 3.º de Defendi.

Já no Portimonense-Gil Vicente, só a equipa de Barcelos foi multada: 62 euros pelo 5.º amarelo de Claude Gonçalves e 51 pelo 4.º de Soares.

*Artigo atualizado às 17h17

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.