O futebolista espanhol Óliver Torres manifestou hoje confiança na revalidação do título nacional, mas reconheceu que o FC Porto, em igualdade pontual com o Benfica no topo da I Liga portuguesa, não tem margem para errar.

"Faltam oito finais, que vão depender de detalhes e nas quais não podemos perder mais nenhum ponto. É verdade que o Benfica tem vantagem no confronto direto, mas se fizermos aquilo que nos compete, estou confiante de que chegaremos ao lugar que merecemos no final da época", afirmou o médio dos ‘dragões', em entrevista à EFE.

Óliver, de 24 anos, chegou ao FC Porto em julho de 2014, emprestado pelo Atlético de Madrid. Dois anos depois, os ‘azuis e brancos' acionaram a cláusula de opção do passe do centrocampista, que se tem assumido como um dos favoritos dos adeptos portistas e já vê no guarda-redes e compatriota Iker Casillas um símbolo do clube.

"É uma referência do FC Porto nos bons e maus momentos. Tem sempre uma palavra de ânimo e carinho e cada mensagem dele atinge-nos com força", salientou o dono da camisola ‘10' dos campeões nacionais, deixando também elogios a outro compatriota, o rival Alejandro Grimaldo, de quem foi colega nas camadas jovens da seleção espanhola.

"Passámos bons momentos juntos e entendíamo-nos muito bem em campo. Está a fazer as coisas muito bem, a um nível muito alto e merece a oportunidade de ir à seleção principal", defendeu, quando questionado acerca do lateral esquerdo do Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.