O novo treinador do Belenenses SAD, Petit, apontou hoje como objetivo para o conjunto da I Liga portuguesa de futebol a luta constante “pelos três pontos”, ir “jogo a jogo” e ter objetividade no trabalho.

Em conferência de imprensa de apresentação, no Estádio Nacional, em Oeiras, Petit manifestou alegria por chegar ao emblema lisboeta e afirmou que a equipa técnica se limita a dar “ferramentas aos jogadores”, que “têm de as saber usar”.

“Quero focar-me no trabalho e nos jogadores, só posso crescer se os jogadores me ajudarem. Quero crescer com eles, quero ensiná-los e também aprender com eles. A minha realidade é o dia a dia, jogo a jogo. Foi assim como jogador e como treinador é igual. Acredito que vamos fazer um bom campeonato”, sublinhou.

O técnico, de 43 anos, assinou contrato de um ano e meio, mediante objetivos fixados “pelo próprio treinador”, como assegurou o presidente, Rui Pedro Soares, e já orientou dois treinos, seguindo-se outro durante a tarde de hoje.

“Estamos numa posição que não é a que queríamos, pela qualidade que o plantel tem, mas temos de nos levantar. Sou o responsável máximo por tentar transmitir o que correu mal. Se correu mal, amanhã corre melhor. Temos de ser ambiciosos na vida”, frisou.

Petit começou a carreira de treinador em 2012/13 e já passou por Boavista, Tondela, Moreirense, Paços de Ferreira e Marítimo, clube no qual saiu na temporada transata. Em comum, foram todos projetos de equipas a lutar pela manutenção na I Liga, cumpridas com sucesso, mas o ex-futebolista recusou o papel de “salvador”.

“São projetos difíceis, mas que para mim me dá bastante prazer e satisfação poder aceitá-los. Não sou salvador. Acho que temos de ter competência no que fazemos. A realidade tem sido estes projetos, mas o que me levou a aceitar esta proposta foi o presidente, em primeiro lugar, o que conhecia do plantel e o facto de ser um clube com história”, explicou.

Numa altura em que o mercado de janeiro se encontra aberto, Petit negou, para já, aquisições, preferindo olhar primeiro para o que tem disponível, sobretudo na equipa sub-23, na qual afirmou haver “muita qualidade”.

“Esta semana queria ficar focado exclusivamente nos jogadores que tenho no balneário e no jogo com o Vitória de Setúbal. Vamos avaliar e analisar com calma. Jogadores que poderemos ir buscar, serão jogadores que possam fazer a diferença e melhorar a qualidade do plantel”, disse.

Petit, que será acompanhado por Filipe Anunciação, Fábio Ferreira, Franclim Carvalho e Tozé Cerdeira na equipa técnica, fará a estreia ao serviço do Belenenses SAD, 16.º classificado, com 15 pontos, no sábado, diante do Vitória de Setúbal, 12.º, com 19, no Estádio Nacional, em Oeiras.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.