Jorge Nuno Pinto da Costa foi, este domingo, reeleito como presidente do FC Porto e vai assim somar o seu 15.º mandato como líder máximo dos 'dragões', cargo que ocupa há 38 anos, desde 1982.

A Lista A, por si encabeçada, levou a melhor sobre as Listas B e C, encabeçadas respetivamente por Nuno Lobo e José Fernando Rio, somando 68,65% dos votos num dos atos eleitorais mais concorridos da história do clube 'azul e branco'.

José Fernando Rio, da Lista C, ficou no segundo lugar, com 25,87% dos votos, e Nuno Lobo, da Lista B, em terceiro, com apenas 4,94% dos votos.

Votaram 8.480 sócios naquele que foi o ato eleitoral mais participado do FC Porto neste século.

Jorge Nuno Pinto da Costa venceu com ampla vantagem em todas as oito mesas. Também na eleição para o Conselho Superior, para a qual havia mais uma Lista candidata, liderada por Miguel Brás da Cunha, a Lista A venceu com ampla vantagem, totalizando nessa eleição 64,9% das preferências dos votantes.

Pinto da Costa comentou a sua reeleição ainda antes de conhecidos os números finais da votação. O presidente do clube 'azul e branco' congratulou-se com a forma ordeira como o ato eleitoral decorreu e garantiu que, enquanto os sócios assim o quiserem, continuará a dar o melhor pelo clube, com o mesmo entusiasmo do primeiro dia. "Terei sempre os sócios como prioridade e os adeptos no coração", afirmou.

A tomada de posse da nova direção do FC Porto, pela 15ª vez liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa, está marcada para terça-feira.

O anúncio da vitória de Jorge Nuno Pinto da Costa começou por ser avançado pelo PORTO CANAL por volta das 20h00, adiantando que José Fernando Rio tinha ficado no segundo lugar e Nuno Lobo em terceiro.

Inicialmente marcadas para 18 de abril, as eleições foram reagendadas por culpa da COVID-19, com o ato eleitoral a prolongar-se por dois dias - algo inédito na história do clube - de forma a assegurar o total cumprimento da recomendação da Direção-Geral da Saúde, que no pós-confinamento exorta ao distanciamento social e à inexistência de ajuntamentos.

No primeiro dia dos dois que durou a votação, sábado, tinham já votado mais de 4.000 sócios. Ao todo, o número de votantes ascendeu aos 8.480. Só em 1988 um ato eleitoral dos 'dragões' teve mais sócios a votar.

Presidente desde 1982, Pinto da Costa vai assim cumprir o seu 15.º mandato consecutivo no 'trono' do FC Porto. Esta foi apenas a terceira vez - depois dos atos eleitorais de 1988 e de 1991 - que teve adversários na corrida à presidência.

*Notícia atualizada às 22h43 com a confirmação das percentagens de cada Lista.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.