O processo de naturalização de Jovane Cabral, extremo cabo-verdiano que está a ser destaque na equipa do Sporting neste início de temporada, deverá estar concluído até ao final da semana, segundo noticia hoje o jornal OJogo.

O jogador de 20 anos, que já jogou dois particulares pela selecção de Cabo Verde, rejeitou a última chamada do seleccionador Rui Águas, de forma a poder eventualmente representar a selecção portuguesa.

“Assim que Jovane se torne oficialmente português, poderá desde já entrar nas contas de Rui Jorge para os Sub-21 portugueses, bem como, ser seleccionado para o próximo campeonato do mundo de sub-20, que vai decorrer entre Maio e Junho de 2019”, escreve o matutino desportivo.

O jogador tem sido aposta de José Peseiro na equipa dos leões, sendo que já marcou um golo na Liga NOS (Feirense) e foi pela primeira vez titular numa partida da Taça da Liga, no passado domingo.

O jovem que é natural de Santa Catarina, em Cabo Verde, jogou no Desportivo de Nhagar e foi contratado pelo Sporting de Portugal depois de ser o melhor marcador nos Jogos da CPLP em 2014, realizados em Angola.

Jovane Cabral foi convocado pela primeira vez, na altura com 18 anos, para a selecção de Cabo Verde pelo treinador Felisberto Cardoso para um jogo com a Líbia, a contar para as eliminatórias do CAN 2017.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.