Depois de dez anos a jogar no estrangeiro, Ricardo Costa, antigo jogador do FC Porto, regressa ao campeonato português para defender as cores do Tondela. Numa entrevista ao jornal O Jogo, Ricardo Costa fala sobre o ciclo de seca do FC Porto no que toca a títulos.

“São fases. O FC Porto, quando lá estava, limpou tudo. Agora, o Benfica ganhou quatro anos; o Sporting está a tentar reduzir distâncias... Não se pode dizer nada, estando fora. Sei o que aquela casa gasta, mas... é o momento. E está para o Benfica. Logicamente, toda a gente vai tentar mudar. É a mesma coisa que toda a gente dizer do Tondela que vai lutar para não descer. A gente diz não, e na segunda jornada temos o FC Porto e vamos jogar para ganhar. E o futebol é isto. Só ganha quem estiver mais bem preparado. O FC Porto, se calhar, não está a ganhar os títulos porque não está bem preparado. o Benfica tem sido mais sólido. Houve momentos concretos em que não facilitou e o FC Porto facilitou. Quando podia ganhar ao Vitória de Setúbal e aquilo mudava, não o fez. O Couceiro, que também conhecia aquela casa, jogou lá à vontade e empatou.”, disse Ricardo Costa.

Defesa central Ricardo Costa é reforço do Tondela
Defesa central Ricardo Costa é reforço do Tondela
Ver artigo

O defesa central já garantiu que os jogos contra os Dragões serão difíceis de gerir, mas só na semana que antecede o duelo, porque quando o árbitro apitar o sentimento muda.

Acho que vai ser estranha a semana que antecede o jogo. É uma casa que me deu tudo e conheço muito bem as pessoas. Agora, vou respeitar a minha equipa e fazer o máximo, que é anular tudo e tentar marcar um golo. Toda a gente sabe o sentimento que tenho por aquele clube, mas sabe a minha personalidade. Eles conhecem-me! Acima de tudo, tenho de ser aquilo que sou, verdadeiro e profissional de futebol”, acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.