Ristovski concedeu uma entrevista ao 'Jornal Sporting' onde reconheceu que a época dos 'leões' está a decorrer abaixo das expectativas, mas salientou que há ainda objetivos a alcançar em 2019/20. "Temos valor para mais e sabemos disso. Estamos focados em fazer o melhor possível na Liga e, na Liga Europa, ir o mais longe que conseguirmos. Só podemos olhar em frente", vincou o lateral direito, acabado de celebrar o seu 28º aniversário

O lateral macedónio confessou mesmo que, depois de algumas derrotas, acaba mesmo por se fechar em casa durante algum tempo. "Não gostamos de perder. Às vezes fico três dias fechado em casa", referiu.

O jogador fez ainda o balanço do tempo que leva em Alvalade. "Faço um balanço positivo, com altos e baixos, mas tento retirar sempre o melhor de tudo", afirmou. Depois, recordou o melhor e o pior momento vivido desde que chegou ao clube. "O pior foi, sem dúvida, a Taça de Portugal que perdemos na minha primeira temporada. Já os melhores, claro que foram os três troféus que ganhámos - as duas Taças da Liga e a de Portugal".

Um troféu, contudo, continua a faltar no seu currículo. "Falta-me conquistar o Campeonato Nacional, que é um título que quero muito conquistar pelo Sporting", frisou.

Ristovski falou ainda das três expulsões de que foi alvo na temporada passada. "Passou-se a imagem de que sou agressivo, coisa que não sou. Só quero ganhar. As expulsões foram injustas", sublinhou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.