Na antevisão ao jogo desta quarta-feira com o Moreirense, Rúben Amorim foi questionado sobre o atual momento de André Horta, que não tem sido utilizado nos últimos jogos do SC Braga (nem no banco se sentou na final da Taça da Liga).

O técnico dos minhotos iliba o médio de qualquer culpa e diz que a carreira de um futebolista "vive de momentos".

"A carreira de um jogador vive de momentos, contamos com o André, ele faz parte do projeto, do presente e do futuro do clube, mas por uma coisa ou outra não está a jogar de momento. Não temos uma equipa titular, depende de jogo para jogo. A culpa tem sido menos do André e mais dos outros, o João Novais entrou muito bem com o Sporting e o Palhinha e o Fransérgio têm feito jogos muito bons. Sei o que custa estar de fora, mas cada um tem que esperar a sua oportunidade", explicou.

SC Braga, sexto classificado, com 27 pontos, e Moreirense, 14.º, com 18, defrontam-se a partir das 20h15 de quarta-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.