Rúben Amorim reconheceu que a saída de Jovane Cabral ao intervalo se deveu a problemas físicas, isto depois do dianteiro ter bisado na partida frente ao Belenenses SAD.

"Teve um traumatismo e não quisemos arriscar. Jovane não teve presente na segunda parte e tivemos muitas oportunidades para marcar na mesma. Não dependemos de ninguém, a prova disso são estes jogos em que perdemos jogadores importantes, mas continuamos com outras soluções. Tem de continuar a trabalhar, quatro jogos no Sporting não são nada", afirmou o técnico em conferência de imprensa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.