Rúben Amorim, treinador do Sporting, fez esta tarde a antevisão ao encontro com o Gil Vicente, marcado para amanhã, a partir das 21h15, no Estádio de Alvalade.

Confira as declarações do treinador leonino.

O adversário e boletim clínico: "O jogo vai ter uma equipa experiente e do outro lado uma equipa com uma responsabilidade enorme pelo clube que representa. Prevejo um bom jogo. Temos algumas dúvidas na equipa. O Jovane e o Acuña não jogam. Temos de arranjar maneira de contornar isso."

2º lugar: "Não pensamos em lugares. Temos uma distância menor para o quarto lugar. Uma vitória e uma derrota pode mudar muita coisa, mas nós jogamos jogo a jogo e a nossa ideia não muda. O foco é a nossa equipa, que ainda tem muito para melhor."

O momento do Benfica: "Não tem de me surpreender, o futebol é isto mesmo. Um dia o míster Lage e outro serei um. Um abraço para ele. Mas o nosso foco é na nossa equipa. Se há um clube com problemas, damos graças a Deus que não seja o nosso. Estamos a pensar só no jogo de amanhã."

Motivação: "É jogo a jogo. Os jogadores do Sporting estão a jogar estes jogos para ganhar um lugar no onze e na próxima época. Acho que toda a gente vai querer fazer parte do que estamos a criar. Não vamos desviar as nossas atenções para os outros clubes."

Não perder depois da retoma: "Fazemos o nosso trabalho, alguns dizem que é sorte, eu digo que é trabalho. Todos os jogadores têm feito um trabalho fantástico, o segredo é esse."

Francisco Geraldes titular? "Vamos ver amanhã, não vou dizer qual será o substituto de Jovane, mas quem quer que seja vai estar preparado. A estreia do Joelson depende dele e do que nos precisamos ao longo do jogo. Quem trabalha connosco está sempre preparado para entrar em campo."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.