Rúben Amorim, técnico do Sporting, na antevisão à partida de amanhã, frente ao FC Porto, no Estádio do Dragão.

Ponto Prévio: "Antes de mais queria, em nome do Sporting, enviar um abraço sentido à família da atleta do Sporting [Ana Oliveira], agradecer também a mensagem do FC Porto e do clube em si. É um momento muito difícil e não há palavras para confortar um pai e uma mãe".

Terceira vez de Amorim contra o FC Porto: "Eu não vejo muitas diferenças na equipa, simplesmente vejo uma equipa sempre muito competitiva, com várias soluções. E realmente, se olharmos para o último jogo que eu tive, quando estava no SC Braga, em que jogamos na Taça da Liga, ver o momento em que estava e passado uns meses estar perto do título, revela muito do seu treinador, do clube e do espírito da equipa, portanto vejo uma equipa que quer ser campeã e do outro lado vai estar uma equipa que quer vencer o jogo, que está numa boa fase, que precisa destes jogos para crescer e prevejo um grande jogo, e tenho a certeza que o Sporting vai fazer um grande jogo".

Ganhar amanhã e evitar que o FC Porto seja campeão é consolação?: "Não, de forma alguma. São três pontos. O importante é nós mantermos o nosso objetivo que é manter a nossa posição e tentar melhorar. No Sporting não podemos ter a consolação de uma época em ganhar a um rival, seja no jogo que for. Nós não estamos aqui para impedir que o FC Porto seja campeão, estamos aqui para vencer os nossos jogos. Não é consolação nenhuma, mas queremos vencer. Mais do que vencer é ver o comportamento da equipa e dos nossos jogadores"

FC Porto campeão hoje torna o jogo mais fácil para o Sporting amanhã?: "Penso que é indiferente. Dá para ver dos dois lados, pode haver esse libertar de pressão, mas o jogadores sentirem-se mais soltos durante o jogo e quererem jogar e festejar em campo. Para mim seria importante, e volto a dizer, que o FC Porto não fosse campeão hoje e que tenha de empatar ou vencer o Sporting para ser campeão. É isso que eu quero, porque foco-me no crescimento da equipa e pouco me importa quem vai ser campeão, o Sporting não pode ser, é-me indiferente. O que quero é que estejam todos os fatores no jogo, o FC Porto não sendo campeão hoje é mais um fator que está em jogo e vai-nos ajudar a crescer"

Jogo é o primeiro grande teste: "Eu não vejo assim. Todos os jogos são importantes, todos os jogos são testes fortes para este equipa. É mais um, contra uma equipa muito forte. Os jogadores mais jovens vão ter dificuldades que não tiveram até aqui. Qualquer jogo pode modificar a nossa classificação e os nossos objetivos, testes são todos os dias"

FC Porto campeão hoje muda a preparação: "Volto a dizer, não muda nada, porque já não dá, já foi feita a preparação. Vamos entrar no jogo querendo ganhar, queremos objetivos, queremos crescer, queremos jogar bem. Será mais um jogo, contra grandes jogadores"

Ascendente psicológico por ter batido Conceição duas vezes na época: "Não, o mister Sérgio Conceição já foi campeão, está a um ponto de ser campeão outra vez, tem muitos mais anos que eu, bateu o recorde de pontos do Olhanense, já esteve numa final da Taça, portanto eu não tenho ascendente, antes pelo contrário. Quem tem mostrado mais provas, mais conteúdo é o mister Sérgio Conceição em relação a mim. Os dois jogos que nós tivemos, num foram dois penaltis que o FC Porto falhou, no outro ganhamos aos 95' que são pormenores. O que o mister Conceição tem, que são títulos, é isso que eu ambiciono para mim enquanto treinador e para o Sporting"

Primeiro clássico enquanto treinador do Sporting: "A preparação foi igual. Não vivi isto como treinador, mas vivi como jogador e pela minha experiência um clube grande não vai mudar a preparação por jogar com outro clube grande. Isso dá-me algum conforto na preparação destes jogos"

Surpresas na forma de jogar: "A ideia de jogos será sempre a mesma. Nós temos a nossa ideia, vamos manter-nos fieis a ela. O Vietto não seria uma arma secreta, obviamente que não, mas não está convocado, porque achei que não estava no momento certo. Quem está melhor vai jogar"

O Sporting visita o reduto do FC Porto amanhã, pelas 21h30, no Estádio do Dragão. O 'dragão' pode entrar em campo campeão caso o Benfica não vença o Vitória de Guimarães esta noite. Caso contrário bastará um empate ao conjunto de Sérgio Conceição para conquistar o título.

*Artigo atualizado às 17h45

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.