As autoridades portugueses vão interrogar o alegado 'hacker' suspeito de tentativa de extorsão do grupo Doyen pelo acesso indevido à correspondência electrónica do S.L. Benfica, escreve este sábado o Jornal de Notícias.

De acordo com a informação veiculada pelo referido diário portuense, as autoridades portugueses suspeitam de que Rui Pinto foi o autor do acesso, roubo e divulgação dos e-mails do Benfica e por isso vão interrogá-lo sobre o caso.

Apesar de Rui Pinto ter sempre negado qualquer relação com a divulgação dos e-mails do Benfica, as autoridades acreditam que o 'hacker' português detido na Hungria tem conhecimento sobre os autores da divuldação da correspondência privada do clube da Luz.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.