Análise do empate: "A primeira parte foi muito boa, mas nos últimos 10 minutos não tivemos o mesmo controlo. Na segunda parte o Gil entrou mais forte, com mais atitude, teve mais posse, mais volume ofensivo, arriscou. Hoje fizemos 10 alterações na equipa, temos o calendário que temos, e jogadores com talento e qualidade, mas sem o ritmo competitivo dos outros, é normal que não consigam manter o mesmo ritmo. No cômputo geral, o resultado foi justo".

Empate deixa marcas?: "O FC Porto veio cá perder. Marcas de quê? Não faz sentido, por amor de Deus. Viemos a casa de um adversário difícil, que ganhou ao FC Porto, e agora o FC Porto ganhou ao Benfica. Já foi explicado, o nosso calendário não é fácil, estou orgulhoso da atitude, agora temos uma grande guerra na quinta-feira".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.