A SAD do Sporting está prestes a fechar um acordo de cedência de créditos referentes aos direitos televisivos contratualizados com a NOS no valor de 65 milhões de euros (M€).

Diz o jornal OJogo que 40,3 milhões de euros deste montante serão destinados aos bancos Millennium BCP e o Novo Banco que assinaram o Acordo-Quadro de Reestruturação Financeira com a sociedade leonina em novembro de 2014.

O Sporting tem de pagar os 40 milhões de euros a estas duas entidades até ao final deste mês de março.

A SAD leonina deverá comunicar à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e aos sócios os contornos do negócio com a Apollo, que irá permitir-lhes encaixar 65 milhões de euros.
De acordo com o jornal económico online 'Eco', o acordo entre ambas as partes está a ser ultimado, tudo indica com uma taxa de juro inferior a dois dígitos.

Em contrapartida, a administração liderada por Frederico Varandas deverá colocar as receitas do contrato televisivo com a NOS, não sendo de colocar de parte uma eventual cedência parcial de alguns passes de jogadores.

Os leões pretendem fechar o acordo o quanto antes para conseguirem cumprir os prazos do fair-play financeiro da UEFA.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.