Francisco Salgado Zenha, vice-presidente do Sporting, considera que apesar das saídas e das perdas de 7,9 milhões de euros na época passada, o clube reforçou-se bem conseguindo manter o seu melhor jogador.

Em entrevista ao jornal Sporting, o responsável da área financeira afirma que a equipa não perdeu competitividade apesar das vendas de alguns jogadores importantes. Além disso, realça que os 'leões' conseguiram algo que os rivais não conseguiram.

"Houve um trabalho profundo que nos permitiu fazer uma redução salarial de sensivelmente dez milhões de euros. (...) e, parece-me, não reduzimos a competitividade do plantel profissional. Os rivais perderam alguns dos seus melhores jogadores e o Sporting manteve o seu melhor [Bruno Fernandes] e reforçou a equipa", frisou Salgado Zenha.

O responsável 'leonino' afirma ainda que, apesar das dificuldades da tesouraria no inicio do mandato do novo presidente, o clube liderado por Frederico Varandas tem uma estratégia financeira bem definida que mantém a competitividade do clube.

"Quando chegamos tivemos a necessidade de corrigir desequilíbrios - houve falha no pagamento de impostos e dificuldades de tesouraria importantes – e temo-lo feito com vários ajustes, com uma estratégia muito bem definida. (…) Queremos dar equilíbrio às finanças da SAD e manter a competitividade”, referiu.

Salgado Zenha concluiu afirmando que, mantendo este rumo, a SAD leonina terá um saldo positivo já no próximo ano.

“Estou convencido que mantendo o nosso rumo vamos ter resultados líquidos positivos no próximo ano", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.