Em conferência de imprensa, Sandro Mendes, que recusou a ideia de o adversário estar a realizar exibições menos conseguidas, frisou a importância de a sua equipa estar focada durante os 90 minutos.

"Défice exibicional do Benfica! O Benfica é uma grande equipa, tem grandes jogadores, muitos deles internacionais, e dos melhores ataques da Liga. O Vitória tem de se concentrar, como até agora, naquilo que tem de fazer: ser sério, organizado e dar tudo o que tem. Vamos procurar ser organizados e procurar os golos", afirmou.

A ideia de faturar no duelo com os 'encarnados' é reforçada com a garantia de que a estratégia não foi montada a pensar em jogar apenas para pontuar.

"No Estádio da Luz queremos fazer golos. Não é mau ir lá empatar, mas quem joga para empatar perde. Não é disso que vamos à procura. Vamos procurar fazer um jogo sério e agarrarmo-nos às armas que temos e a todo o momento procurar o golo", assegurou.

Apesar de o Vitória de Setúbal ter apenas um golo marcado nas seis jornadas já realizadas no campeonato, o técnico acredita que a tendência pode ser contrariada no Estádio da Luz.

"Toca-nos ser competentes e agarrarmo-nos ao que podemos fazer. Não temos feito golos, mas não é por falta de oportunidades. É certo que não criamos muitas oportunidades, mas trabalhamos todos os dias de forma séria para que o golo possa surgir a qualquer momento. Por que não no Estádio da Luz?", referiu.

Questionado sobre os jogadores benfiquistas que representam mais perigo para a sua equipa, Sandro Mendes alerta que, apesar de existirem atletas que se destacam nas 'águias', a mais-valia do oponente está no coletivo.

"O Benfica vale pelo seu todo. É lógico que há jogadores que sobressaem: o Rafa pela velocidade, o Pizzi pela qualidade, iria ter de enumerar todos. Têm jogadores com qualidade de sobra e estamos cientes disso", afirmou.

O treinador do Vitória de Setúbal recorre ao FC Porto - único conjunto que conseguiu vencer e marcar golos aos sadinos esta época [4-0 na segunda jornada] - para recusar a ideia de que o Benfica está fragilizado e tem realizado jogos menos conseguidos nos últimos tempos.

"Já quando fomos ao Dragão, o FC Porto estava com maus resultados e dizia-se que o Sérgio (Conceição) estava com o lugar em risco. Não se viu nada disso. O Vitória tem de se focar no seu trabalho e não com o estado de ânimo do Benfica. Os jogadores estão empenhados e fizeram uma semana de trabalho muito boa", frisou.

Sobre o 'onze' que o seu homólogo e conterrâneo Bruno Lage vai apresentar, o setubalense Sandro Mendes afirma estar preparado para qualquer eventualidade.

"O Lage vai apresentar o melhor 'onze', como tem feito sempre. Certamente o Benfica terá de ter algum cuidado com o Vitória, tal como nós teremos com eles. Quanto ao Vitória, não há grandes alterações a fazer. Estamos preparados para qualquer jogador que o Benfica utilize, se resulta ou não veremos no final", disse.

O Vitória de Setúbal, 11.º classificado, com sete pontos, e o Benfica, segundo posicionado, com 15, defrontam-se no sábado, às 19:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, em encontro da sétima jornada da I Liga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.