O Santa Clara venceu o Desportivo das Aves por 3-0, na 32.ª jornada da I Liga. Os açorianos, que voltaram aos triunfos após três partidas, marcaram por Cryzan, Zé Manuel e Carlos Jr.  A equipa de João Henriques soma 41 pontos e continua dentro dos objetivos de terminar a época com 42, o máximo alcançado pelo emblema açoriano na sua história na I Liga.  Faltam duas jornadas para bater esse recorde.

Até ao final da Liga, o Desportivo das Aves vai lutar pela honra, pelo brio, com os jogadores a tentarem dar nas vistas para chamarem a atenção de outros emblemas que vão estar na elite em 2020/21. O Santa Clara, já com a permanência garantida, aponta a melhor época da equipa na Primeira Liga.

Mesmo assim, João Henriques resolveu mexer e muito na equipa que perdeu na jornada anterior com o Sporting, lançando André Ferreira, Francisco Ramos, Costinha, Diogo Salomão, Zé Manuel e Crysan a titulares, nos lugares de Marco, Mamadu Candé, Anderson Carvalho, Rashid, Thiago Santa e Carlos Jr.

E foi com esse desejo de melhor época que a formação açoriana entrou na Cidade do Futebol, a sua 'casa' emprestada nesta ponta final de época. Aos 21 minutos, Diogo Salomão trabalhou bem na direita e meteu na área onde aparece Zé Manuel a rematar de primeira, fazendo um golaço. Um golo que podia ter chegado aos 10 minutos mas o tento foi anulado, por fora-de-jogo de Cruzan.

Aos 28 minutos surgiu o 2-0, num grande contra-ataque da equipa da casa. Zaidu correu pela esquerda, meteu com categoria para o cabeceamento certeiro de Cryzan.

Ao intervalo, Nuno Manta Santos trocou o médio Falcão pelo avançado Marius Mouandilmadji, a equipa melhorou um pouco e esteve perto de marcar aos 60 minutos. O guarda-redes André Ferreira teve de brilhar para evitar o golo de Morais, após bom cabeceamento do jogador avense.

Mais organizado e mais criterioso, o Santa Clara esteve perto do 3-0 aos 71 mas Aflalo negou as intenções de Nené. Mas o brasileiro nada podia fazer aos 74: Costinha deu de peito para Carlos Jr., que encheu o pé de fora da área e fez um golaço.

O Desportivo das Aves nunca desistiu de tentar o golo, que esteve para acontecer aos 85 minutos, quando Cézar quase fazia autogolo após centro perigoso de Mohammadi. Aos 90 é Marius a trabalhar na direita e a centrar forte, com André Ferreira a afastar para canto.

Antes de terminar, tempo para João Henriques lançar o guarda-redes Rodolfo Cardoso, que assim se estreou na I Liga.

Com este triunfo, o Santa Clara sobe ao nono lugar com 41 pontos, enquanto os avenses são últimos, com apenas 17 pontos.

 Veja o resumo do jogo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.