Bruno de Carvalho voltou a criticar as eleições para a presidência da Liga. O presidente do Sporting diz que há manobras de bastidores em torno da formação das listas.

"Não temos necessidade de provocar consensos, apenas defender os interesses do Sporting. As pessoas estão muito preocupadas com o que o presidente do Sporting disse, inclusive os próprios sportinguistas. Mas ninguém fica preocupado com aquilo que se está a passar nas eleições na Liga. Estão a ser completamente manipuladas. Não posso assistir a sportinguistas que tiveram passagens verdadeiramente brilhantes nos últimos anos pelo Sporting e que acham que sabem o que é melhor para o futebol português. É impensável que se escolham candidatos para a Liga sem que se saiba quais são os seus programas", disse o presidente do Sporting durante o IX Congresso Leonino.

O líder leonino voltou a falar na bipolarização do futebol português e criticou os sportinguistas que fazem parte de algumas das listas concorrentes às eleições da Liga de Clubes.

"Já tinha falado várias vezes do tema da bipolarização do futebol português. Falei mais do que dez vezes e só desta vez é que consegui meter o tema na agenda. Os sportinguistas manipuladores terão em mim um opositor feroz. Aos sportinguistas iluminados não admito mais situações onde as pessoas se queiram servir do clube", sublinhou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.