O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, fez esta quinta-feira a antevisão do próximo jogo dos 'dragões' no campeonato nacional e assumiu que a margem de erro vai diminuindo à medida que vão ficando cada vez menos pontos por disputar.

Questionado sobre o jogo de sexta-feira com o Rio Ave, Sérgio Conceição elogiou a prestação da equipa comandada por Daniel Ramos e frisou que a "margem de erro é curta" na deslocação a Vila do Conde.

"Vamos enfrentar um adversário que somou duas vitórias nos últimos dois jogos. Uma equipa que tem respondido bem sob o comando de Daniel Ramos. Vamos tentar explorar os pontos menos bons do nosso opositor, a margem de erro é curta e temos de somar os três pontos que é o mais importante", começou por dizer Sérgio Conceição.

Sobre se esta é a jornada mais decisiva das quatro que faltam, o técnico portista frisou que "isso vai ver-se no fim".

"O importante é focar-nos no jogo de amanhã, dos outros jogos depois falaremos. À medida que nos vamos aproximando do final, os jogos vão ganhando um peso cada vez maior, porque ficam menos pontos por disputar. Estamos num momento de enorme decisão, que passa pela conquista do grande objetivo do FC Porto, o campeonato. Estamos preparados a nível emocional, estratégico e físico para o que nos resta de campeoanto, apesar da densidade competitiva acima da média", atirou Sérgio Conceição.

"Eu nunca me desculpei com o cansaço. Podem ver todas as minhas conferências antes dos jogos. O calendário frenético faz parte das grandes equipas, mas se nós queremos uma grande produtividade das nossas equipas lá fora, cá dentro também têm de ter esse cuidado, e proteger essas mesmas equipas, que representam o nosso país na Europa. É por isso que eu me debato, e já tive oportunidade de o fazer várias vezes", afirmou o técnico portista.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.