O FC Porto perdeu a final da Taça da Liga com o Sporting de Braga e, no final do encontro, Sérgio Conceição surpreendeu tudo e todos ao colocar o seu lugar à disposição da direção do clube. Pinto da Costa irá, para já, segurar o técnico dos 'azuis e brancos', mas de acordo com a edição desta terça-feira do jornal 'A Bola', este deverá sair mesmo no final da presente época.

Segundo aquela publicação, a partida do técnico após a conclusão de temporada de 2019/20 é praticamente inevitável, depois das declarações proferidas por Sérgio Conceição no final do jogo com o Braga, ao dar conta de uma extensa fratura dentro da estrutura portista. "É difícil trabalhar em determinadas condições. No primeiro ano, sem reforços e sem dinheiro. No segundo, falta de verdade desportiva. E, neste ano, sem união dentro do clube. Fica difícil... Neste momento o meu lugar está à disposição do presidente". Foram estas, recorde-se, as palavras de Conceição após a derrota na final da Taça da Liga.

Este acentuar do desgaste entre técnico e SAD vem juntar-se aos problemas já vividos com alguns jogadores esta temporada, a começar com o capitão Danilo, ainda na pré-época, e a passar, depois, pelo caso dos 'notívagos' sul-americanos. Os administradores da SAD azul e branca terão considerado as declarações de Conceição imprudentes, inoportunas e despropositavas e o cenário do 'adeus' no final da temporada ficou praticamente definido nesse momento, acrescenta 'A Bola'.

Entre os dirigentes dos 'dragões' há quem lembre que Sérgio Conceição até teve, no início da presente época, poderes reforçados, com liberdade para escolher reforços e tendo à disposição um orçamento recorde, e a saída do técnico só não é imediata porque o FC Porto ainda está na luta por três competições: a I Liga, apesar da distância para o líder Benfica, a Taça de Portugal, onde vai defrontar o Académico de Viseu nas meias finais, e a Liga Europa, onde pela frente vai ter o Bayer de Leverkusen, nos 16 avos-de-final.

Sérgio Conceição chegou ao comando técnico do FC Porto no início da época de 2017/18. Sagrou-se campeão no final dessa primeira época, venceu a Super Taça no início da época seguinte, mas desde então deixou escapar o título de campeão - com um avanço considerável - em 2018/19 e perdeu três finais: duas da Taça da Liga e uma da Taça de Portugal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.