O defesa Sílvio, do Vitória de Setúbal, admitiu hoje que o Benfica vai entrar “pressionado” no encontro de sábado e confessou-se surpreendido com a queda dos ‘encarnados’ para o segundo lugar da I Liga portuguesa de futebol.

O lateral direito mostrou-se, no entanto, consciente de que o Vitória de Setúbal vai enfrentar uma equipa “com muita qualidade” e lembrou, na antevisão ao encontro da 24.ª jornada do campeonato, que o adversário “não pode perder pontos” na visita ao Estádio do Bonfim.

“Vamos encontrar um Benfica pressionado para conseguir os três pontos. Cabe-nos estar a 100 por cento para conseguirmos um bom resultado, porque não vamos ter facilidade nenhuma”, assumiu o defesa sadino, surpreendido com a perda de “uma vantagem confortável” por parte do adversário, que foi ultrapassado pelo FC Porto e que, agora, terá de “correr atrás do prejuízo”.

Por outro lado, Sílvio garantiu que a estratégia para ‘travar’ o Benfica é “a normal” e que o plantel tem “trabalhado bem” tendo em vista o desafio com uma “equipa muito forte” e que, como “qualquer grande, é sempre uma motivação extra” de defrontar.

O Vitória de Setúbal, 12.º classificado da I Liga, não vence para o campeonato há cinco jornadas consecutivas e recebe no sábado, às 18:00, o Benfica, que somou apenas um triunfo nos últimos quatro jogos e caiu para o segundo lugar após empatar com o Moreirense na ronda anterior.

O médio Éber Bessa, que cumpre castigo após completar uma série de cinco cartões amarelos, é a única ‘baixa’ dos setubalenses para a receção aos campeões nacionais.

Por sua vez, Artur Jorge e Hildeberto Pereira estão de regresso às opções do técnico Julio Velázquez, depois de cumprirem um jogo de castigo com o Portimonense, enquanto o avançado Alex Freitas já se treina sem quaisquer limitações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.