O Sporting venceu hoje em casa do Portimonense por 3-1, na terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, e subiu à liderança, partilhada com o Famalicão, que empatou 1-1 em Guimarães e não conseguiu isolar-se na frente.

No Algarve, num estádio em que tinham perdido por 4-2 na época transata, os ‘leões’ surgiram pressionantes e aos cinco minutos venciam por 2-0, graças a golos dos brasileiros Raphinha (três minutos) e Luiz Phellype (cinco).

No segundo tempo, Raphinha bisou, aos 65 minutos, já depois de Rômulo ter reduzido de penálti, logo aos nove, e completou uma vitória em que o ‘capitão’ Bruno Fernandes esteve em destaque, ao fazer as três assistências, e em que Vietto se estreou a titular sendo eleito homem do jogo.

Os ‘verdes e brancos’ aproveitaram o resultado do ‘clássico’, em que o FC Porto venceu em casa do Benfica (2-0) no sábado, para ultrapassar os dois rivais, mantendo-se invicto na frente do campeonato, com sete pontos em nove possíveis, mas um do que os portistas e o campeão nacional

Os mesmos pontos tem o recém-promovido Famalicão, que disputou um dérbi minhoto em casa do Vitória de Guimarães, num empate a uma bola que deixa os vitorianos sem derrotas ao fim de oito jogos oficiais na temporada.

Apesar deste registo, foi o terceiro empate seguido para a equipa de Ivo Vieira, antes de receber o FCSB na segunda mão do ‘play-off’ da Liga Europa, num jogo em que João Carlos Teixeira adiantou a equipa da casa, aos 50, antes de Fábio Martins restabelecer a igualdade 20 minutos depois.

Os vitorianos, que também empataram 1-1 com o Boavista, têm um jogo em atraso, uma vez o encontro da primeira jornada, em casa do Rio Ave, foi adiado para 08 de setembro devido a problemas no Estádio dos Arcos.

Em Barcelos, o outro dérbi minhoto do dia esteve interrompido meia hora devido a uma falha de iluminação, quando o Sporting de Braga vencia o Gil Vicente graças a um golo de Galeno, sendo reatado ‘a tempo’ do golo da igualdade, de Sandro Lima, no 19.º minuto de descontos.

Os bracarenses, que na quinta-feira visitam o Spartak de Moscovo para decidir a passagem à fase de grupos da Liga Europa, depois de vencerem por 1-0 em casa, somam quatro pontos, os mesmos dos gilistas no regresso ao principal escalão.

Na Madeira, o Tondela conseguiu a primeira vitória nesta edição da I Liga ao ganhar por 3-2 em casa do Marítimo, graças a tentos de Denílson e João Pedro, mais tarde anulados em seis minutos por Rodrigo Pinho e Daizen Maeda, antes do penálti decisivo de Richard Rodrigues em cima dos 90.

Os maritimistas seguem com apenas um ponto, contra quatro dos tondelenses, os mesmos do Santa Clara, que não saiu do nulo na receção ao Belenenses SAD, outra equipa que ainda não venceu nesta edição, com dois empates e uma derrota, e não marcou qualquer golo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.