Em entrevista à revista Exame, Domingos Soares de Oliveira afirmou que o Benfica tem uma "excelente relação" com Jorge Mendes, mas nega que o clube 'encarnado' esteja dependente do empresário.

"Não trabalhamos só com Jorge Mendes", começou por dizer o administrador da SAD do Benfica.

"Temos uma excelente relação com ele, há que dizê-lo. Naturalmente é uma relação muito personalizada na pessoa do nosso presidente, que é quem tem a relação mais antiga com o Jorge. O Jorge é um dos grandes agentes mundiais e tem feito uma série de negócios importantes. Se eu tentar somar compras e vendas que fizemos no Benfica ao longo dos últimos dez, quinze anos, são valores estratosféricos. Hão de situar-se próximo dos 700 milhões de euros, por aí. É uma relação importante mas não é única, trabalhamos com uma série de outros empresários, portanto não temos uma excessiva dependência", explicou.

O CEO do Benfica explicou ainda a comissão de Jorge Mendes na transferência de João Félix para o Atlético Madrid, uma das mais caras da história do futebol mundial.

"Há um pagamento de 10% do negócio. Sei que algumas pessoas questionaram, sendo o negócio feito desta maneira, porque há lugar ao pagamento de uma comissão. A comissão não advém deste negócio, advém da renegociação de contrato que fizemos com o João Félix, que nos permitiu aumentar a cláusula de rescisão para 120 milhões, dos anteriores 60 milhões, creio", notou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.